VIDA SOBREHUMANA No. 8


UMA VIDA MAIOR QUE A MORTE?


Por Ernest O'Neill

Nós temos discutido se existe ou não uma vida maior que essa vida humana mental, emocional e física que você e eu experimentamos. Existe uma vida sobrehumana ? Nós temos olhado para uma notável vida "mais-que-humana" que viveu no primeiro século de nossa era por um homem na Palestina chamado Jesus. Ele foi diferente de outros líderes religiosos como Buda e Maomé, porque afirmou perfeição -- e mesmo Seus inimigos não contradisseram Suas afirmações de que jamais pecou. Ele tinha poder sobre a natureza e sobre as doenças, e é visto como o principal professor de ética que o mundo jamais viu.

Entretanto, o que O separa completamente de outros líderes religiosos famosos é Sua morte. Eles todos morreram -- como cães também morrem -- e foram enterrados como o resto de nós será ! Ele foi morto e enterrado -- mas Ele levantou depois que estava morto ! Ele tratou a morte como sono e foi capaz de erguer pessoas da sepultura. Então, isso é "vida sobrehumana", porque todos nós fomos levados à acreditar que a morte é o fim do caminho desta vida humana temporária -- e que não existe maneira de evitá-la. Mas este homem repetiu publicamente que Ele iria destruir a morte -- e ele destruiu.

Muitos gurus tem sido enterrados vivos, e através de respiração controlada conseguiram sobreviver em uma espécie de transe sob a terra, mas nenhum deles foi executado por especialistas como os romanos -- e então realmente voltaram dos mortos.

Isto foi o que aconteceu com este homem. Os soldados estavam tão certos que Ele estava morto, que não se importaram em quebrar Suas pernas; eles simplesmente enfiaram uma lança pelo lado do Seu corpo, e uma mistura de sangue e água foi derramada. Então Ele foi enterrado em uma sepultura privada, enrolado firmemente às mortalhas e então uma grande rocha foi colocada na boca da caverna1. Na manhã de Domingo (Ele foi enterrado na sexta à noite) Ele encontrou Maria, uma de Suas seguidoras, no jardim. Quando ela relatou isto aos outros discípulos, eles não acreditaram nela. Mas, em um instante, Jesus apareceu repentinamente na sala com eles2.

Ele fez isso pelo próximo mês ou mais -- aparecendo em mais de uma dúzia de ocasiões. Algumas vezes ele aparecia para alguns deles, outras vezes para mais de 500 de uma só vez3. Em alguns momentos Ele tomou café da manhã ou permitiu que o cético Tomé colocasse seus dedos nos buracos de Suas mãos para tornar claro que Ele não era um fantasma ou uma alucinação psicológica4. Então Ele explicou que deveria retornar para Seu Pai, o Criador do universo, e Seu corpo jamais foi encontrado na Terra desde então.

Todas as explicações hipotéticas sobre a ressureição são mais difíceis de acreditar do que os fatos em si. Os dois fatos vitais são -- a TUMBA VAZIA e as APARIÇÕES DA RESSUREIÇÃO. Os velhos argumentos de que Jesus apenas desmaiou na cruz e que se recuperou na temperatura amena da tumba, ou que os discípulos ou os romanos roubaram o corpo não são nem mesmo muito lógicas. Como poderia um homem cujo lado do corpo foi fincado por uma lança pelos especialistas romanos se recuperar de Seus ferimentos tão bem, a ponto de não apenas Se libertar das mortalhas e rolar uma pedra pesada, mas também aparecer em uma dúzia de lugares diferentes por cerca de um mês e parecer não apenas revivido, mas mais vivo do que Ele estava antes ! Simplesmente não faz sentido ! Se os romanos roubaram o corpo, porque não exibiram-no pelas ruas para provar que aquele homem não era o Messias ? Se os discípulos roubaram o corpo, porque eles morreram pelo que saberiam que era uma mentira ? Um homem pode morrer pelo que acredita ser verdade, mas ele não irá morrer pelo que sabe que é uma mentira.

O mesmo é verdade para a sugestão de que as aparições da ressureição foram somente alucinações. Elas simplesmente não se encaixam no critério psicológico para tal fenômeno. Alucinações ocorrem geralmente em uma única pessoa que deseja desesperadamente ver a pessoa falecida. Jesus aparecia sempre para grupos de pessoas e elas já tinham desistido de toda a esperança de que Ele voltasse dos mortos. Alucinações geralmente continuam por um longo período de tempo; Jesus Se mostrou vivo por cerca de 40 dias e então desapareceu da Terra!

Por causa de evidências como estas, estudiosos confirmam que nenhum fato da história tem sido examinado tão exaustivamente por especialistas em legislação, psicologia médica, religião e história e se mostraram tão inquestionáveis quanto à sua veracidade. Se Jesus não Se ergueu dos mortos, então nós não podemos ter certeza de nada na história da humanidade.

Existe este fenômeno de "vida sobrehumana" ? A história totalmente documentada da morte e ressureição de Jesus de Nazaré é plena evidência de que tal vida existe. Como você chega até ela ? Pode uma pessoa comum como você e eu experimentá-la ? Vamos falar sobre isso no próximo artigo.


1 João 19:31-37
2 Marcos 16:1-14
3 1o Corinthians 15:3-6
4 João 21:12-13, 20:27

Leia Vida Sobrehumana No. 9
Retornar ao documento anterior
Retornar para o Índice
Retornar para a página principal